12 de novembro de 2014

Resenha #1 - Um novo amanhecer

Um novo amanhecer 
Cinthia Freire
Páginas: 376
Ano de publicação: 2014
Editora: Novo Século
Sinopse: Giulia está arrasada! Seu namoro chegou ao fim e ela não sabe o que fazer. Leo está confuso e com medo, seu tempo está acabando e ele não quer magoar sua namorada. Zyon é um anjo perdido e apesar de saber que está em uma missão na Terra, ele não tem idéia exatamente do que o aguarda. Em uma tarde chuvosa o caminho dos três se cruzam de forma trágica e comovente.
Uma garota apaixonada por um rapaz doente
Um anjo perdido
Eles serão capazes de lidar com a força do verdadeiro amor?
 Eu comecei ler "Um novo amanhecer" logo que a bienal terminou. Demorei um pouquinho para acabar a leitura porque estava ocupada com outras coisas... Eu já tinha conversado com a autora antes do livro ser publicado e já estava ansiosa para ler, e quando eu comecei, estava com grandes expectativas.
"Um novo amanhecer” é um livro impactante. Por ser narrado às vezes pela Giulia, Leo ou Zyon, você entende melhor todos os personagens e se sente mais próximo de cada um.
Giulia começa a narrar a história e ela rapidamente conhece Leo no primeiro dia de aula. Leo é um garoto popular que todas as garotas ficam em cima, o que deixa Giulia com ciúmes. E em determinada situação sabemos que ele também sente da mesma forma por ela. Depois de começarem um relacionamento, Leo conta para Giulia que está doente e aí que as coisas começam a andar.

"— Eu amo tanto você, que chega a ser injusto,  Leonardo.
— Injusto é querer você tanto quanto eu quero e ter tão pouco tempo para isso.”
Se tratando desse tipo de tema, eu achei que não seria muito diferente de todas as histórias de personagens com câncer. No entanto, meu pensamento mudou quase que automaticamente quando Zyon apareceu. E um dia chuvoso, Giulia o conhece; o anjo caído que está na Terra para uma missão que ele não sabe qual é. 
E o final me surpreendeu tanto por ser diferente de tudo o que eu já li que quando eu terminei, fiquei olhando para o nada, durante alguns minutos, pensando que eu tinha acabado de ler um livro com um desfecho extraordinário, que de fato, seria um máxi-mo se a autora fizesse uma continuação. E apesar de já ter lido outro livro depois de “Um novo Amanhecer”, ainda estou sentindo falta de Giulia, Zyon e Leo.

Nota: 5/5

Comente pelo Facebook

6 comentários:

  1. Parabéns!! Adoro livros assim. E a autora é brasileira?? Se for, melhor ainda. Sucesso, pois é difícil no começo...
    Blog: http://www.umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/
    Face: https://www.facebook.com/umolhardeestrangeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey, a autora é brasileira sim! ;)
      Obrigada pelo comentário! hahaha

      Excluir
  2. Oiii Flávia. Tudo bem? Vi uma postagem lá no face e vim conhecer o blog. E olha que bela surpresa ao chegar aqui e encontrar o blog de uma colega de profissão (eu também sou escritora =D ) . Parabéns ao blog e parabéns pela carreira. Já ouvi falar sobre seus livros e tenho muita vontade de conhecer :)
    Já estou te seguindo aqui para te acompanhar.
    Agora sobre a resenha, adorei.
    peguei esse livro hoje de um book tour e estou com muita vontade de ler. E a sua resenha só me deu mais vontade ainda. Mas preciso terminar meu Percy Jackson, hehehhehe
    Um beijão grande
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi Gih! \o colega de profeissão? Hahaha que legal *__*
      Vou seguir seu blog pra te acompanhar também! ;)
      Aaah, assim que terminar de ler Percy Jackson comece esse então, é maravilhoso *-*

      Abraços Gih ;)

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Também vi sua divulgação no facebook e vim conhecer o seu blog :)
    Gostei bastante da resenha (pretendo, iclusie, ler o livro) e do seu blog, parabéns. Se quiser conhecer o meu fique a vontade. Bkjs!!
    http://www.magisbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu já li e não achei "tudo isso". Mas fico feliz por estar ampliando as minhas leituras nacionais. Não me arrependi, apesar de não ter amado.

    Adorei seu blog! Acabei de conhecê-lo, e você escreve muito bem!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir