2 de janeiro de 2015

“Terminei meu livro, e agora!?”

Obs: Caso eu me lembre de alguma dica, esse post será atualizado 
e conterá um aviso sobre a atualização no título. 
Eu resolvi fazer uma postagem com esse tema porque autores já perguntaram isso a mim, assim como eu vi muitas perguntas desse tipo em grupos de leitores e escritores no Facebook.
Primeiro nesse “terminei meu livro” a revisão precisa estar inclusa porque nem sempre, a revisão de uma editora será o suficiente.
Depois, você precisa procurar por editoras que publicam o seu gênero. Parece óbvio, mas é uma dica valiosa. Você não pode mandar seu livro de auto ajuda para uma editora que só publica ficção ou vice-versa. Fazendo isso, você vai evitar muitas dores de cabeça que vários “Não’s” como resposta podem te causar. 
Algumas editoras irão dar sugestões para melhorar o seu livro, como por exemplo, o nome de um personagem, ou o nome do próprio livro. Deixo como exemplo aqui, o meu, que antes chamava-se “Marca da Lua – A invocada”, com a sugestão da editora, que eu aceitei, por realmente, ficar muito melhor, ficou “Marca da lua – revelando o ciclo.”
Caso você não consiga publicar por nenhuma editora já que algumas no mercado literário, cobram o olho da cara, também há saídas como o Wattpad (eu já fiz um post aqui explicando o que é), Nyah Fanfiction, ou até mesmo, pode optar pela publicação de Ebook na Amazon.
Lá, você publica seu livro gratuitamente e ainda ganha com isso. Mas, aí nesse caso, você precisa ficar com o trabalho que a Editora faria. Diagramação, capa, mais revisão, e por fim, e o mais difícil, a divulgação da sua obra.
Caso você ainda queira o livro físico, há opções como a editora Perse e editoras semelhantes.  Ou  Clube dos Autores que é a maior plataforma de auto publicação da américa latina.    
Tem outra opção que é a de procurar uma gráfica para fazer tiragens de 500, e ou mais de mil exemplares.  Fazendo isso, você gasta mais ou menos o mesmo preço que pagaria para uma editora te publicar, no entanto, a diferença aqui, é que o seu lucro, será bem maior. Mas, claro, tudo depende da sua divulgação; É difícil sim. Mas no final, quando você tem o seu livro em suas mãos, faz todo o esforço valer a pena. 

Comente pelo Facebook

2 comentários:

  1. Ótimas dicas, Flávia. Não é a coisa mais difícil do mundo publicar um livro, mas os novos autores precisam tomar cuidado para não se meterem numa enrascada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário, Jessé! :D

      Excluir